PÁGINA DA NOTÍCIA

Os desafios da visão para as pessoas com mais de 60 anos

04/12/2020

Segundo levantamento da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 80% dos casos de cegueira no mundo poderiam ser evitados se houvesse o diagnóstico precoce e o tratamento adequado. A maior parte dos problemas relacionados à saúde ocular pode ser evitada se o paciente tiver por hábito consultar um especialista regularmente, conforme a idade e o histórico de saúde.

Quando falamos em idade, conforme envelhecemos, nosso corpo passa a exigir mais cuidados e atenção. Alguns órgãos podem ficar mais vulneráveis do que outros, e dessa forma surgem algumas doenças. Isso também acontece com os olhos.

Com o aumento na expectativa de vida da população, hoje estimada, em média, de 74 anos para os brasileiros, problemas relacionados à visão se tornam mais comuns. Por isso, segundo a Associação Catarinense de Oftalmologia, pessoas com mais de 60 anos e aquelas que têm familiares em primeiro grau com glaucoma, diabetes ou retinopatia diabética devem consultar anualmente um oftalmologista.

Para a consultora óptica Fernanda Bolzan de Morais, com a chegada da chamada terceira idade, alterações decorrentes do processo de envelhecimento são naturais. E é nesta fase que se torna ainda mais importante redobrar os cuidados com o organismo, principalmente no que diz respeito à saúde ocular.

Com o passar dos anos, ainda mais depois dos 60 de idade, é comum que os olhos passem por algumas limitações. E isso acontece em função de alterações morfológicas ou musculares que tendem a acontecer conforme envelhecemos. Se não tratados de forma adequada, muitos dos problemas na visão podem se agravar.

Por isso, Fernanda também reforça que é fundamental procurar um oftalmologista sempre que a visão não for 100% nítida, como objetivo de monitorar e tratar de maneira adequada os possíveis problemas que venham a surgir.

A visão é um dos nossos sentidos mais preciosos, e cuidar bem da saúde dos olhos com o passar dos anos é de fundamental importância. A técnica complementa dizendo que muitas pessoas fazem o famoso check-up em várias partes do corpo, mas esquecem dos olhos.

Uma consideração importante referente ao público sênior e relacionada à integração tem a ver com a palavra conexão. O argumento é apresentado pelo fundador da escola Integrar Gerações e embaixador do Lab60+ em Porto Alegre, Guilherme Menezes.

Em 2020, no período do isolamento em meio à pandemia do coronavírus, o comportamento das pessoas com 60 ou mais anos teve modificações. No isolamento, dados de uma pesquisa feita pela escola Integrar mostram o aumento muito grande do número de pessoas dessa faixa etária assistindo a lives e cursos on-line, o que antes deste ambiente pandêmico era praticamente inexistente.

Para Menezes, a pandemia reforçou isso, ou seja, estamos no chamado mundo híbrido, com forte tendência de aumento das conexões virtuais em todas as faixas etárias nos próximos anos. Ele acredita que precisamos e precisaremos estar conectados, seja para o transporte, o relacionamento, a segurança, a educação, o turismo ou a saúde.

O consultor e palestrante evidencia que boa parte das atividades atuais que eram somente presenciais hoje também é realizada de forma on-line. E esse tempo que ficamos conectados exige muito do nosso corpo e dos nossos olhos. Pesquisas mostram que ficamos até seis horas por dia conectados, o que é bastante tempo, exigindo bastante da visão.

O mesmo levantamento apresentado por Guilherme Menezes mostra que a perspectiva é de que a quantidade de horas aumente ao longo dos próximos anos. “Nem imaginamos ainda o que está por vir e que nos manterá na frente de uma tela”, cita o consultor.

Por isso, o acompanhamento da saúde ocular é fundamental para que se tire o melhor proveito das ferramentas e das tecnologias. Não enxergar bem pode provocar o distanciamento e até o isolamento, quando se fala nesta faixa etária superior aos 60 anos. Nada mais justo que toda a sociedade tenha um olhar colaborativo e positivo para identificar o que enfrentaremos por toda a vida.

Não deixe de acompanhar outras dicas relevantes para a saúde dos seus olhos aqui no blog. Curta e compartilhe os conteúdos: facebook.com/santoolharoptica e instagram.com/santoolharoptica.

Compartilhe:

O QUE VOCÊ QUER BUSCAR?

#sigasantaoolharnasredessociais

PRECISANDO DE ÓCULOS?
 Quero um Orçamento
#vemprasantoolhar

Nosso foco é ver você feliz!